Slide1

Copa do Mundo

11/07/2018 / 5 dias ½ atrás

Uma final épica

Uma final épica

Um grande jogo, duas equipes arrojadas. Após marcar o gol aos 4 minutos a Inglaterra controlou o jogo na defesa, até sofrer o gol no segundo tempo, quando aí a partida foi toda da Crácia.

É verdade que os ingleses não deixaram de correr, mas os croatas que passaram por três prorrogações deram uma demonstração de amor ao país de 11, 5 milhões de habitantes, com uma torcida alegre, feliz, apaixonada e que domingo ás 12h enfrenta a França na final da Copa do Mundo da Rússia.

Imaginávamos uma Crácia cansada, depois de três prorrogações, mas não foi isso que aconteceu, e vimos um time  com fibra, garra, determinação, que se apresentará numa final com a França, que tem tem um grande time, joga bem, mas a sem favoritismo.

A geração Mandzukic, Rakitic Brozovic, Perisic, Modric está fazendo história em seus país, merecendo o respeito de todos, porque colocou o amor a camisa na ponta da chuteira, um exemplo que serve para a seleção brasileira, eliminada nas quartas de final.

Não podemos deixar de ressaltar também uma geração nova na Inglaterra com Pckford, Young, Kane, Lingard, Tripier e outros que terá grande futuro pela frente. Um grupo de jogadores que está despontando agora mas com muito valor. A Inglaterra caiu de pé, mas tem o artilheiro da competição Harry Kane com 6 gols. Uma noite triste para os ingleses que a 52 anos esperavam chegar a uma final, mas não deu, a sorte esteve do outro lado.

Os gols: 

04´1o T 1 x 0 Inglaterra. Kieran Tripier; 22´2o T 1 x 1, Ivan Peresic; 3´ 2T da prorrogação, 2 x 1 Croácia, Mandzukic 

Ponto fraco da partida o árbitro Cuneyt Cakir da Turquia. Perdido em campo invertendo falta, sem moral, e que quase perde o controle disciplinar da partida.

Conta pra gente o que achou!

NEWSLETTER

Digite seu e-mail

Não se preocupe, também não gostamos de SPAM :)