Slide1

Futebol Carioca

07/05/2018 / 13 dias atrás

Criado o Conselho Estadual de Futebol

Criado o Conselho Estadual de Futebol

Foi sancionada pelo governador Luiz Fernando Pezão na última sexta-feira e publicada no Diário Oficial do Executivo desta segunda-feira, 07, a Lei 7.948/2018 de autoria do deputado Geraldo Pudim, que cria o CONEFUT, Conselho Estadual do Futebol, que tem por objetivo propor, elaborar, sugerir e fiscalizar as políticas relacionadas ao futebol masculino e feminino.

O conselho será responsável por participar da elaboração de critérios, normas, metas e prioridades para garantir boas condições das atividades ligadas ao futebol e suas modalidades. O objetivo é propor estratégias para acompanhar e fiscalizar o setor, observando o orçamento da Secretaria de Estado de Esporte, Lazer e Juventude (Seelje) e, quando possível, apresentando sugestões para aplicação dos recursos, como participar na elaboração de critérios e parâmetros normativos para a formulação e implementação de metas e prioridades para assegurar as condições da prática das atividades ligadas ao futebol, em suas mais diversas modalidades, categorias e áreas profissionais de atuação, respeitando o gênero, zelar, acompanhar e propor medidas de defesa de direitos do Profissionais de Futebol, sejam esses jogadores profissionais, amadores, de divisões de base, treinadores, médicos, enfermeiros, massagistas, fisioterapeutas, fisiologistas, profissionais de educação física e de outros grupos que integrem o universo profissional que atuam nessa área.

O Conefut-RJ também terá que incentivar e apoiar jogos e campeonatos de base, dando as crianças e adolescentes até 18 (dezoito) anos, todo o amparo, didática, apoio psicológico, apoio educacional e aulas com profissionais de educação física; incentivar os times de futebol do interior do estado, bem como as partidas entre jogadores das categorias de base.

Essa Lei é uma demanda que foi levada ao deputado Geraldo Pudim por representantes de classe, como Zé Mário, presidente da Federação Brasileira dos Treinadores de Futebol (FBTF), Amaro José, presidente do Sindicato dos Treinadores de Futebol Profissional do Estado do Rio de Janeiro - SINTREFUT/RJ e representando a AGAP/RJ - Associação de Garantia ao Atleta Profissional do Rio de Janeiro, Miguel Ferreira, Presidente e Fred Rodrigues, coordenador Educacional, treinadores de futebol como Zico, Zagallo Júnior, Mário Marques, Wilson Herdt e ex-jogadores como Paulo César Caju, Isaac Chaves, Francisco Aquino, Humberto Filho, entre outros.

Composição

O grupo, que não terá remuneração, será composto por 51 integrantes entre representantes de órgãos públicos, da sociedade civil e de instituições ligadas ao futebol, como a dos árbitros, por exemplo. O mandato terá duração de quatro anos. Pelo texto, um fundo será criado, com recursos da Loterj, com o percentual das rendas dos jogos regionais no estado.

“Esse conselho é uma demanda que há muito tempo vem sendo solicitada por profissionais da área para uma melhor interação, representando um passo a mais na criação de novas perspectivas para o futuro. As decisões sobre futebol no estado serão mais democráticas com a criação deste conselho”, explicou Geraldo Pudim. “A criação do Conselho Estadual do Futebol vai ajudar a melhorar o esporte no nosso estado e com isso garantir mais oportunidades de emprego aos profissionais que vivem e fazem o futebol, além de trazer o público para os estádios. Iremos procurar fazer e pleitear uma melhora do esporte em todos os níveis, principalmente nas categorias de base e beneficiar também os clubes do interior”, disse Zico

Conta pra gente o que achou!

NEWSLETTER

Digite seu e-mail

Não se preocupe, também não gostamos de SPAM :)